Winter’s child

Não sou uma criança do verão…
Não gosto dos corpos expostos
Prefiro o mistério dos corpos cobertos e das peles pálidas
Prefiro os casacos escuros esvoaçantes sendo ajustados mais rentes ao corpo por causa do vento
Prefiro os cafés, as folhas caindo, a melancolia
Sou uma criança do inverno
Dos tons sóbrios, da introspecção, das nuvens pesadas
Dos olhos que se fecham de prazer quando um tímido raio de Sol aparece para confortar, não queimar
Sou uma criança do outono
Dos profundos suspiros, da promessa que das cinzas surgirá um novo eu
Acho necessário esse período de recesso, de reflexão. Talvez os meus durem muito tempo.
Bem, sou uma criança do inverno…
pic

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: